GeralSaúde & Bem Estar
Tendência

Manchas no Rosto – Quais os Tipos Mais Comuns?

Vitaminacerta e os vários tipos de manchas no rosto

As manchas no rosto podem ser incomodas e difíceis de remover. Manchas são falta ou excesso de pigmentação na pele. Podem ter diferentes tamanhos, formas e características.

Tudo varia de pessoa para pessoa, e existem vários tipos de pele. No site Vitaminacerta você tem tudo mais detalhado.

Os tipos mais comuns de manchas no rosto

Melanoses solares: Ou manchas senis, são causadas pela exposição solar excessiva ao longo dos anos. Este tipo de mancha podem ter diferentes tons de castanho e tamanhos, aparecem normalmente em sítios mais expostos ao sol como tosto, mãos, ombros e são mais frequentes em pessoas com pele clara.

Melasma: Manchas que aparecem essencialmente no rosto de mulheres. Normalmente são irregulares, simétricas e acastanhadas.

Sardas ou efélides: São manchas causadas pelo aumento da melanina, surgem normalmente a pessoas com a pele clara e são estimuladas pelo sol.

Hipercromias pós-inflamatórias: Manchas que normalmente aparece após inflamação como acne, picadas de inseto, cicatrizes, etc. São mais frequentes em pessoas com pele escura ou morena.

Melanoma: é um tipo de cancro que se desenvolve a partir de melanócitos malignos (tumores frequentemente castanhos ou pretos). São manchas escuras que podem aumentar e até sangrar em estados mais graves. Cerca de 1/3 dos melanomas têm como origem um nevo pré-existente.

Fitofotodermatose: Inicialmente são queimaduras causadas pela exposição solar após o contacto direto com frutas cítricas, como por exemplo limões, limas e laranjas. As queimaduras causam manchas escuras na pele e podem demorar até 5 semanas a passar.

Nevos: Aparecem ao longo da vida devido à acumulação de melanócitos. Normalmente são pintas ou manchas escuras. Também conhecido como sinal ou pinta.

Hematomas: É derivado da acumulação de sangue na pele e são normalmente manchas roxas e a vitamina c pode ajudar

Vitiligo: São manchas brancas derivadas da despigmentação da pele. É uma doença crônica e autoimune, usualmente acordada por uma alteração emocional.

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo